Ciência e Tecnologia

Estudos desenvolvidos no campo das ciências naturais contam com a utilização de ferramentas voltadas também para a pesquisa científica. A utilização de aferidores (equipamentos e sensores) e softwares de processamento e análise de dados é intrínseca à consultoria ambiental, dessa mesma forma compreender, providenciar e aplicar tais ferramentas corresponde a uma etapa importante das propostas de cursos desenvolvidos por nossa empresa. 

  • Cursos de educação ambiental para tripulaçãoEquipamentos

Alguns dos equipamentos já utilizados em trabalhos foram adquiridos através de parcerias entre a Sagres e suas instituições parceiras. Por outro lado dispomos dos equipamentos necessários para os desenvolvimento dos trabalhos de levantamento.

Óptica – O refratômetro portátil é um equipamento que utiliza as características físicas do prisma para verificação de soluções líquidas e têm ampla aplicação. A observação da variável salinidade, no ambiente, é realizada através da lente e da escala interna do equipamento. Salinidade da água, dos solos, plasma sanguínea, da urina, e muitos outros meios correspondem a uma variável importante ao monitoramento dos sistemas.

Química – O Multiparâmetro é um equipamento multifuncional analítico voltado para o levantamento de um grupo de variáveis do meio aquático, tais como: Condutividade, Potencial Hidrogeniônico (pH), Temperatura e Dureza. A combinação e o comportamento conjunto destas variáveis nos fornece importantes resultados quanto à qualidade ambiental dos ecossistemas aquáticos. A compreensão destes resultados se dá através de análises de componente principal, correlações bem determinadas e análises de medidas de tendência central, que são ferramentas estatísticas.

Geometria – Trenas, sutas, réguas, biometrias de pequenos animais, biometria de micro-organismos, câmaras de contagem  são alguns exemplos de ferramentas utilizadas para avaliar as proporções entre os fatores ambientais físicos (estruturas do solos, largura, profundidade e vazão de rios) e biológicos (dendrometria para o inventário florestal, comparações entre o desenvolvimento de organismos indicadores de qualidade ambiental, contagem de organismos por unidade de área). A geometria é amplamente empregada no estudo dos ecossistemas, considerando a fundamentação teórica, a utilização da trena produz resultados rápidos e representativos para a avaliação da qualidade ambiental.

Mapas Barreirinhas cienciaGeofísica – O GPS funciona baseando na determinação da distância entre um ponto, um satélite receptor, a outros satélites de referência. Sabendo a distância que separam os portadores do GPS de 3 pontos determina-se a posição relativa a esses mesmos 3 pontos através da intersecção de 3 circunferências cujos raios são as distancias medidas entre o receptor e outros satélites. 

Mapas Barreirinhas ciênciaLaboratórios – A ideia de se tornar uma empresa Start-up  é promover uma aproximação entre o cliente (sociedade), o prestador de serviço (empresa) e o fornecedor de matéria prima (laboratórios), muitas dos estudos e cursos oferecidos dependem de equipamentos e laboratório que são encontrados dentro da universidade. Outro fator a se considerar é que os próprios sócios possuem a competência para realizar os estudos e grande parte dos treinamentos propostos por esta empresa. Os laboratórios de ecotoxicologia, oceanografia, limnologia, microbiologia e outros serão fornecedores de serviços.

  • Arcgis

De modo simplificado, GIS ou SIG significa Sistema de Informações Geográficas e trabalha do a combinação de layers (níveis de informação) de uma dada região de modo a fornecer melhor compreensão sobre ela. A escolha de layers a serem combinados depende do propósito: analisar danos ambientais, identificar padrões costeiros, contextualizar áreas de estudos e assim por diante (ESRI, 2013). A característica dos SIG de trabalhar com dados que possuem um componente espacial (uma posição geográfica definida) e um componente não-espacial (seus atributos: propriedades e valores) implica que nossos usuários devem ter conhecimento das ferramentas de desenho (parte gráfica) e de tabelas e relacionamentos (banco de dados).

Mapas temáticos

  • Spring

O SPRING é um programa computacional brasileiro de SIG com funções de processamento de imagens, análise espacial, modelagem numérica de terreno e consulta a bancos de dados espaciais. Criado e utilizado pelo INPE, sua maior vantagem é que suas primeiras versões foram e ainda são inseridas dentro da iniciativa do Software livre (Copyleft).

Mapas temáticos2

  • Bioestat4.0 e STATISTICA 7

São softwares multiuso desenvolvidos para prover análises estatísticas sendo o Bioestat, de produção nacional com ênfase em análises voltadas para variáveis ecológicas e o STATISTICA desenvolvido para trabalhar em uma variedade maior de dados. Estes softwares oferecem opções de se trabalhar com planilhas, gráficos, Workbooks, Macros, modelagem de objetos, e análises de dados: Análises por grupos, Estatística básica, Regressão múltipla, ANOVA/MANOVA, Análise não paramétrica, Distribuição apropriada, Modelos avançados lineares e não lineares; Técnica exploratória multivariada.

Mapas temáticos 3A compreensão e aplicação desta ferramenta é parte essencial na verificação das variáveis estudadas dentro da academia e dão base ao trabalho de monitoramento de ecossistemas. Analisar um ecossistema utilizando um organismo de referência, por exemplo, (espécie guarda-chuva) é uma forma eficiente se verificar a qualidade ambiental do mesmo, todos os processos de amostragem tem fundamentação estatística.

One Response so far.

  1. movers sydney disse:

    I absolutely love your blog and find most of your post’s to be just what I’m looking for. Do you offer guest writers to write content in your case? I wouldn’t mind writing a post or elaborating on a few of the subjects you write about here. Again, awesome weblog!|

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>